Ministro do STF nega liminar a Terezinha Domiciano e mantém Valdiney Gouveia como reitor da UFPB


O ministro Marco Aurélio Melo, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou liminar às candidatas mais votadas da consulta a reitor da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Terezinha Domiciano e Mônica Nóbrega, mantendo Valdiney Gouveia como reitor da Instituição.

“Em 07/12/2020:”(…) Indefiro a medida acauteladora. 4. Deem ciência à Advocacia-Geral da União. Após, colham parecer da Procuradoria-Geral da República. 5. Publiquem.”, diz decisão publicada hoje.

As professoras  entraram com um mandado de segurança no STF para anular a nomeação de Valdiney, nomeado pelo presidente Jair Bolsonaro. A ação foi protocolada no dia 11 de novembro.

Elas pediram que fosse “considerados os votos da comunidade acadêmica e dos órgãos deliberativos da instituição, insurgem-se contra o Decreto de 4 de novembro de 2020, do Presidente da República, por meio do qual nomeado Valdiney Gouveia Veloso para exercer o de reitor”, suspendendo o ato e “determinando-se a observância da ordem da lista tríplice elaborada em reunião conjunta dos Órgãos Deliberativos Superiores da Universidade Federal da Paraíba, sendo nomeadas para os cargos”.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem