Ads Top

Em apenas 100 dias de governo, prefeita Magna Gerbasi consegue aprovação para abrir a UPA de Rio Tinto

A Prefeita Magna Gerbasi (PP) conseguiu a aprovação da abertura da UPA de Rio Tinto junto ao Ministério da Saúde. A decisão do despacho do Ministério da Saúde foi publicada nesta terça-feira (13) no Diário Oficial da União com a readequação para Pronto Atendimento. A unidade irá atender as cidades de Rio Tinto, Marcação e Baía da Traição.

Com apenas 100 dias de governo, a operosa, como é conhecida, conseguiu destravar o processo que nos últimos 4 anos foi prometido pelo prefeito anterior, mas não foi concretizado. Para isso, a gestão atual teve que devolver aproximadamente 200 mil reais ao Ministério da Saúde, uma vez que a gestão anterior havia gastado indevidamente o recurso do convênio e precisava devolver o valor para que pudesse ser aprovada.

"A UPA foi concebida ainda na minha segunda gestão, tendo a liberação dos recursos e o início das obras na gestão da ex-prefeita Dudu e, agora, voltou para minhas mãos, para que eu pudesse solucionar. Então, com muita alegria, em apenas 100 dias de governo consegui resolver esse impasse sobre a UPA. Tivemos que devolver um valor aproximado de 200 mil reais que conseguimos reunir já em nossa gestão para solucionar o problema. Em pouco tempo destravamos um processo que durante os últimos 4 anos disseram que iam resolver e não resolveram", disse Magna.

Segundo a prefeita de Rio Tinto, a próxima etapa será fazer um reparo no prédio e ainda poderá levar um curto tempo para a abertura oficial da unidade, porém já está sendo contratada uma consultoria para realizar os procedimentos para que a unidade seja equipada e readequada para o funcionamento.

"Agora vamos fazer todos os reparos no prédio e adquirir os materiais para abri-la. Já estamos contratando uma consultoria para verificar tudo que é preciso para readequar o prédio e entregarmos à população. Ainda pode levar um espaço de tempo até que possamos colocá-la em funcionamento devido aos procedimentos burocráticos, mas a parte mais importante até aqui nós já conseguimos, Graças a Deus", concluiu a prefeita.


Magna tem trabalhado nos bastidores para resolver os principais problemas do município e, já existe a expectativa de que outras obras deverão ser retomadas para serem entregues a população brevemente.

A UPA de Rio Tinto deverá passar por reparos e será equipada para inauguração


PROCESSO DA UPA

Após a Prefeitura de Rio Tinto entrar com um pedido de readequação de Unidade de Pronto Atendimento (UPA) para Pronto Atendimento (PA), tendo em vista uma redução financeira nos gastos gerados pelo grande número de atendimentos, o Ministério da Saúde informou que a aprovação só se daria, se a Prefeitura devolvesse o valor aproximado de 200 mil reais, oriundos do convênio firmado para a construção do prédio. A gestão anterior utilizou parte do valor indevidamente, segundo a atual Prefeita, para realizar compra de equipamentos. Desta forma, o processo não andou, pois não havia mais o recurso para devolver, pois havia sido gasto. O processo, então, teve seu trâmite travado devido ao impasse da devolução do valor ao Ministério da Saúde.

Assim que assumiu a prefeitura, em janeiro, a prefeita Magna Gerbasi prontamente iniciou uma reorganização financeira a fim de reunir recursos para fazer a devolução do valor e destravar o processo. Paralelo a isso, a experiência e o trabalho da prefeita nos bastidores foram fundamentais para que a solução do impasse viesse de forma rápida. No Despacho Nº 16/2021, o Diretor do Departamento de Economia da Saúde, Investimentos e Desenvolvimento do Ministério da Saúde, Pedro Geraldo Pinheiros, aprovou a solicitação de readequação da UPA, fazendo com que o Governo Municipal de Rio Tinto possa equipar o prédio e entregá-lo à população.

Abaixo segue o despacho do Ministério da Saúde:




Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.